terça-feira, 19 de agosto de 2008

O que dizer?

O poder e a ambição são assuntos curiosos para mim. Eles corrompem o ser humano e desfazem em um segundo tudo o que ele sempre pregou ser. Pensei nisso outro dia quando estava 'tirando uma' com minha mãe por ela já ter votado naquele cara que um dia disse "Votem no Pitta. E se ele não for um bom prefeito nunca mais votem em mim". Anos depois ele diria "Eu errei, quem nunca errou". Se preferirem, ele também é autor da pérola "Estrupa, mas não mata". Só que hoje a Academia Brasileira de Letras considera correto o verbo "estruprar". Sorte dele, mas agora é tarde. A pessoa em questão já foi por inúmeras vezes ridicularizada por tal frase. Voltando ao assunto inicial, minha mãe respondeu a minha provocação dizendo "Tá, ele roubou, mas me diz quem é que chega lá e não faz o mesmo?". E eu me calei, pensando no partido em que eu votei e vi corrompido no poder, depois de décadas falando mal dos outros. Eles chegaram lá e fizeram o mesmo, né?

3 comentários:

Thata Diacronia disse...

A política é grotesca e nojenta ... todos iguais, realmente a sua mãe está certa ... mas, não somos nós que temos que lutar e exigir os direitos??

b-jo

Bruna. disse...

não tem como, em todo lugar que há poder concentrado sempre tem alguem pra meter a mão. político ou não.

bjo

O Fabrício ohohohoh disse...

Simmmm

Mas a ambição não pode ser vista pelo lado bom?

Como um querer o melhor para você, desde que não invada o espaço dos outros?

bjooo